Mulher de Verdade

 

A Internet é acessada por milhões de pessoas. Através dela, se compra quase tudo, até mulher!

Você acessa ao site http://www.realdoll.com e vê um catálogo com belas garotas, Natasha, Stacy, Julie, Nina e Leah, modelos base que podem receber as mais diversas variantes. Claro, cada uma delas é uma ciberboneca. Características sensuais, carne elástica e esqueleto articulado em PVC, que deixa a boneca ficar em pé, deitada, sentada, reclinada, de bruços, de quatro apoiada nos cotovelos, do jeito que você quiser. Pesa 55 quilos e tem o corpo perfeito, tamanho natural, modelado em silicone. A pele é macia, firme e resiste ao calor e a água. Você realiza suas fantasias com ela, na chuva, piscina, sauna ou debaixo do chuveiro. Se você é atlético, pode passear na praia com ela escanchada no pescoço, os dois pelados, sob o sol de Tambaba. Imagine o barato!

A Real Doll, fabricante dessas criaturas, indica a “boneca de amor” para os tímidos ou casados que não querem ter relações extra conjugais. Garante personalizar um modelo, com base em suas preferências. Podem variar as medidas da cintura, busto e quadris, e você é quem diz a cor dos cabelos, pele, lábios, pêlo púbico, olhos e unhas.

A primeira coisa a definir é a forma física preferida. Voluptuosa, cheia de curvas pra alisar! Esguia, magrinha, só a grade, com os ossos aparecendo… Ou gorduchinha e rica de carnes pra deitar, rolar e amassar? Aí é que está a vantagem: os desejos oníricos do freguês se tornam realidade. Consegue-se uma japonesa com cabelos louros e seios de Marilyn Monroe; uma mulata com a bundinha pequena e os olhos azuis; ou um tipo “a La Naomi”, de cabelos lisos e olhos verdes. Eles dão um menu, você escolhe um modelo e personaliza sua gata, construindo a mulher à seu gosto.

Alem de você dar uma de Deus, criando a mulher, tem mais outras vantagens. Como se trata de uma boneca, não lhe dá aborrecimentos e nunca reclama. Ela não liga a TV quando você está lendo; e se fizer xixi e pingar no chão do banheiro, ela não sacrifica exigindo você aprumar o pinto e acertar dentro do vaso. Não tem ciúmes, não engravida, nem manda embora a empregada. Não lhe passa AIDS, e se você broxar, não precisa ficar encabulado, ela nem percebe. Não fica menstruada e não diz “estou com dor de cabeça”, quando você quer aquilo.

E por falar naquilo, a empresa entrega a boneca, equipada com orifícios opcionais, que guardam relação com o gosto sexual do comprador. A ciberboneca completa pode ser adquirida on line, sem taxa de entrega, em qualquer lugar do mundo, em absoluto sigilo. Bom, se você é casado e quer comprar uma, é melhor colocar como endereço de entrega o do escritório, pois é meio difícil esconder da esposa, um caixão com uma gata de 55 quilos dentro dele

Há modelos mais em conta, de vinil, látex, ou infláveis. Com estas últimas há um probleminha: se o pagode for grande, no meio da transa corre o risco da boneca furar ou pipocar. Aí você continua excitado, agarrado num pedaço de plástico.

É preciso ter cuidado pra não apaixonar-se pela boneca. Há um filme de Buñuel, que conta a estória de um dentista solteiro que comprou uma bonecas dessas. Apaixonou-se por ela e tratou de escondê-la, com medo que outro homem usasse seu tesouro. Depois começou a ter ciúmes e, por fim, passou a desconfiar que ela estava lhe traindo. Daí até a loucura foi um passo: torturado pela dúvida atroz do chifre levado, apunhalou várias vezes e “matou” a boneca.

E a Realdoll vende também bonecos, homens bonitos, com todo o “equipamento” que pode desejar uma mulher.

 

Publicado em o CORREIO DA PARAÍBA de 6 de dezembro de 2009

 

P.S Meu Comentário:  Que as Amélias se cuidem. Isso sim é que é mulher de verdade…

This entry was posted in reportagens. Bookmark the permalink.

One Response to Mulher de Verdade

  1. Sara says:

    Olá poeta!Eu já li uma reportagem destas bonecas. E sobre o filme também. O que parece engraçado é bem temeroso. Creio que o mundo virtual e o mercado fetichista anda mais sexuado e em alta do que nunca, justamente por estes detalhes tão perceptíveis que permeiam as relações entre as pessoas: medo de doenças, de trair, de falhar, por não engravidar…Enfim por inúmeros motivos. Até mesmo o da impotência masculina, a carência feminina, a falta de “ culpa” da prática de sexo sem o parceiro e até a falta de sexo com. Na impotência, o homem basta digitar algo para excitar a mulher e satisfazê-la (?) por indução de palavras.Uma loucura! E fico imaginando aqueles filmes de ficção onde a raça humana não mais precisarão da cópula para satisfação e procriação. Que medaaaaaaaa!Rsrsrs E neste caso eu seria a anormal rsrsrs. Mas ainda dá para aproveitar antes que chegue este tempo! Isto me dá uma ansiedade no presente! HAhahahahahahahahahBOAS FESTAS!_________________°PAz°________________°União°_______________°Alegrias°______________°Esperanças°_____________°Amor°Sucesso°____________°Realizações°Luz°___________°Respeito°harmonia°__________°Saúde°solidariedade°_________°Felicidade°-°Humildade°________°Confraternização-°Pureza°_______°Amizade°Sabedoria°Perdão°______°Igualdade°Liberdade°Boasorte°_____°Sinceridade-°Estima-°Fraternidade°____°Equilíbrio-°Dignidade-°-Benevolênciaº

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s