Vida Nova

Depois de um fim de ano cheio de trabalho, com o fim das aulas, provas e exames, dei um tempo para celebrar as festas e depois viajar para descansar um pouco desta vida cheia de telefones celulares, computadores, transito maluco e televisão estridente. Isolei-me do mundo civilizado por algumas semanas para curtir paisagens maravilhosas e um silêncio só interrompido pelo estalido das chamas da imensa lareira de pedras que dominava a arquitetura da cabana de troncos de madeira em que fiquei nas montanhas, entre bosques de pinheiros, aspens, cerejeiras e gigantescos carvalhos por aqui e acolá.

Tempo de reflexão, de ler um bom livro de aventura, de escrever à moda antiga, com caneta e papel, de me aventurar na cozinha com um copo de bom vinho tinto e de fazer amor ao fim de tarde, antes do por do sol, para depois deixar os ruídos da noite invadirem o profundo da alma e sofregamente me embalar com o sono trazido pelo frio da madrugada, aconchegado em cobertores e entre as pernas da mulher amada.

Nada como caminhar pela mata virgem, pisar na terra fofa, respirar o ar úmido da manhã, andar por horas e horas pelos vales incrustados entre gigantescas montanhas nevadas, subindo o curso ruidoso de corredeiras e rios, para no fim galgar o cume daqueles portentosos montes e exausto, poder olhar o longínquo horizonte, quase infinito, aonde o céu e a terra se fundem em uma só linha de transcendental beleza.

Um tempo de paz, de reencontrar minha poesia de tanto abandonada e de pensar com a cabeça limpa, sobre os novos projetos que vou começar doravante.

O trabalho, para mim recomeça, mas tenho a alma limpa e descansada e estou pronto para aproveitar tudo de bom que a vida me oferece.

Aos leitores e leitoras de meu Blog, um feliz ano novo.

.

This entry was posted in Poesias, Reflexões. Bookmark the permalink.

One Response to Vida Nova

  1. SAM says:

    Poxa! Que legallllllllll! Adoro a Natureza e estar junto a ela. Mas descarto totalmente uma aventura como esta ( por não ter preparo físico mesmo hahahhaha. Faz parte das minhas frescuras pessoais um desânimo total para um lance deste, embora admire quem consiga e ache maravilhoso quem faz e consegue nesta felicidade toda.)

    Poeta, adorei o seu comentário no post Amavisse de Hilda Hilst. Ontem abri o blog SAM e exultei com o vídeo e suas boas lembrancas! Obrigada!!!

    Beijos com carinho

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s